(11) 3473-3831 (11) 94795-3935

Como aproveitar as festas de final de ano com saúde e bem-estar

Final de ano sempre é sinônimo de férias, festas, encontros familiares e muita comida. As comemorações duram dias e até a organização leva tempo e exige atenção. Tudo isso é muito bom para terminar o ano com boas energias, mas e os idosos? Será que essa rotina de festas e  jantares com abundância de alimentos gordurosos e doces é tão boa para eles? 

Alguns cuidados são essenciais para manter o bem-estar do idoso, considerando que a rotina de uma pessoa mais velha é regrada. Toda a movimentação estranha pode afetar o cotidiano, assim como acontece com um bebê e é preciso se atentar a esses pontos para não prejudicar a saúde física e mental. 

Pense nas refeições do idoso

Durante as festividades, os pratos costumam ser muito diferentes do que o idoso está acostumado a comer diariamente. É importante verificar com antecedência se ele pode ou não consumir alguns tipos de alimentos, principalmente se existe um histórico de problemas de saúde como pressão alta, diabetes, colesterol etc. 

Neste caso, é necessário preparar algum prato a parte ou de alguma forma mais leve para evitar o consumo excessivo e não prejudicar o bem-estar, afinal isso pode acarretar problemas que vão gerar preocupações durante as festividades. 

Pense na locomoção e acessibilidade

Nem sempre a festa acontece em locais que o idoso está acostumado a estar. Pode ser em um espaço alugado ou na casa de algum outro familiar, mas é sempre importante pensar na acessibilidade, caso os mais velhos possuam mobilidade reduzida. Evitar locais com muitas escadas ou cadeiras desconfortáveis para ficar sentado por muito tempo são questões importantes para o bem-estar. 

Dê atenção. É importante neste momento. 

Um dos grandes problemas é a solidão do idoso, já que às vezes, por questões de locomoção, por precisar de refeições diferentes ou até mesmo por ficar mais tímido perto dos familiares mais novos, tornando a festa um momento difícil para ele. É muito importante que a família toda dê muita atenção. 

Se for viajar, não o deixe sozinho.  

Esse é um dos pontos mais importantes: não deixe os idosos sozinhos. Eles geralmente precisam de refeição em horários corretos ou fazem uso de medicamentos controlados, além disso é perigoso que ele tente realizar alguma tarefa doméstica que possa machucá-lo ou prejudicá-lo de alguma forma.

Caso você vá viajar e não possa levá-lo, pense em alternativas para que ele não se sinta só. As casas de repouso para idosos podem ser a melhor alternativa, afinal ele estará acompanhado 24h por dia por profissionais, além de ter a companhia de outros idosos que estarão hospedados no local. 

A Residencial Bem Viver possui a estrutura completa para você neste caso. Venha conhecer nossos profissionais e nossos serviços. 

 

18/12/2019

Orçamento Rápido