(11) 3473-3831 (11) 94795-3935

Porque a musicoterapia é tão boa para idosos?

A técnica de musicoterapia costuma ser utilizada por especialistas para, através da música, tratar diversas situações como, a melhora do humor, a autoestima, estímulo cerebral e expressão corporal. Em uma casa de repouso, a técnica é muito importante para prevenir as mudanças psicológicas e para que o idoso se sinta confortável em estar no local, além de estimular seu corpo e sua mente. 

É comum que nessa fase, o idoso passe por mudanças psicológicas que ocorrem devido a idade e a rotina diferenciada. É completamente normal que uma pessoa mais velha comece a se sentir depressiva por depender de outras pessoas ou pelo surgimento de doenças, mas a musicoterapia pode deixá-los mais tranquilos. 

Com a técnica, eles são incentivados a participar de atividades que desenvolvem capacidades sociais e emocionais, envolvendo a música, o canto, brincadeiras, improvisos e criações, ao mesmo tempo que trazem reflexões sobre a vida e a situação atual do idoso, ainda mantendo sua individualidade. 

De acordo com a OMS – Organização Mundial da Saúde, a prática estimula a fala, a criatividade, a movimentação corporal, exercita a memória, reduz sintomas de depressão e previne contra doenças crônicas comuns em idosos. Por isso, a musicoterapia não está relacionada a entonação ou aulas de canto, mas sim ao envelhecimento ativo e saudável. 

Um estudo realizado pelo Instituto Max Planck de Neurociência e Cognição Humana de Leipzig, na Alemanha, também comprovou que além de trazer sensação de bem-estar e reduzir o estresse, a musicoterapia está relacionada a emoções, uma vez que foi comprovado que as letras e melodias raramente são esquecidas por pacientes com Alzheimer, por exemplo. Desta forma, a técnica pode estimular a memória desses idosos. 

Benefícios da musicoterapia para idosos 

Além dos benefícios já citados, existem alguns que são ainda mais perceptíveis no decorrer das sessões terapêuticas, principalmente quando o idoso vive em casas de repouso. A musicoterapia auxilia idosos com dificuldades de se locomover e se equilibrar, uma vez que está relacionada ao que chamamos de ritmo de marcha. A música permite que o idoso associe isso aos seus movimentos, desta forma o cérebro encaminha melhores comandos para o corpo e sua locomoção.

O procedimento também aumenta as capacidades cognitivas, trazendo ao idoso maior criatividade e distinção das coisas. O auxílio também vem para a consciência corporal, deixando os músculos mais tonificados e, para os que gostam de dançar, funciona também como uma leve fisioterapia e fortalecimento. 

O método também diminui os sintomas de depressão, a partir do momento que traz o convívio social e a interatividade, unidos a expressão de sentimentos. Os idosos também ficam menos estressados, evitando o aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca. 

No Residencial Bem Viver, consideramos a musicoterapia um dos serviços mais importantes para garantir a qualidade de vida na terceira idade. Para nós, o bem-estar do idoso é prioridade, por isso facilitamos ao máximo a convivência de todos por meio de situações que os deixem confortáveis.  Venha conhecer a melhor casa de repouso na Mooca e os nossos serviços.

24/01/2020

Orçamento Rápido